Fórum para publicações dos textos criativos pelos membros do grupo Escritor da Depressão.


    Penso - Gustavo Garcia de Andrade

    Compartilhe

    Indyph

    Mensagens : 3
    Data de inscrição : 28/01/2014
    Idade : 22
    Localização : Bom Jesus dos Perdões

    Penso - Gustavo Garcia de Andrade

    Mensagem por Indyph em Ter Jan 28, 2014 4:39 pm

    Assim como familiares no velório
    Que nunca serão
    Sempre foi
    A família, não este velório

    E não é o enterro dos sonhos,
    Mera suspensão criogênica
    Dos sonhos e gênios
    Da minha geração de trezentos e sessenta
    Com cinco ciclos adicionais,
    A menos ou a mais

    E será como um sonho, tudo que houve
    Mas acordarei ao sonho assim que acabar...
    Acabar de começar.
    Já acabou?

    Não.
    Por mais que sim, seja definitivo
    De infinitivo nada é formado, a não ser as bases
    E de bases já basta a governista, dispenso.

    Porque não estou morto, não.
    Estou só suspenso.

      Data/hora atual: Seg Set 24, 2018 8:43 am