Fórum para publicações dos textos criativos pelos membros do grupo Escritor da Depressão.


    **Memento**

    Compartilhe

    williamfisio09

    Mensagens : 1
    Data de inscrição : 07/03/2014

    **Memento**

    Mensagem por williamfisio09 em Sex Mar 07, 2014 11:53 pm

    A sensação de vazio toma conta de todo meu corpo, é difícil explicar esse sentir não sentir, todos meus músculos em completo repouso, sinto pequenas agulhas espetando levemente meu corpo, a sensação chega ser confortante...ah em contrapartida esse sabor de ferro que sinto em meus lábios chega a ser nauseante, é engraçado como conseguimos distinguir sabores "exóticos" como ferro, terra sem nunca termos comido...ah por falar nisso consigo sentir ao longe o cheiro da terra molhada , muito provável que tenha chovido...ah a chuva que sempre ouvia cair na casa de meus avós quando visitávamos seu sitio, toda noite por la sentávamos todos na cozinha, meus pais na ponta da mesa, minha vó no degrau da escada que ia para o corredor, meu vô na outra ponta da mesa fazendo os preparativos iniciais para começar mais uma sessão de causos como ele mesmo dizia, e eu , eu ficava próximo ao fogão de lenha ouvindo o estalar da madeira a cada lambida vigorosa das incessantes chamas , chamas essas tão bem domadas pela minha vó , que vez ou outra fazia seus delicioso doces , bolos e outros quitutes...ahh meus olhos pouco me servem no momento, mas vejo breves luzes que se iniciam só como um prenuncio e logo se tornam clarão, clarão rápido que chega a ofuscar e deixar com a sensação de ver vários vaga-lumes ao redor...como os vaga-lumes que víamos no sitio de meus avós, lembro de correr ao encalço dos pobres "pisca piscas" como minha mãe os chamava, ela dizia que eles faziam parte das arvores de natal de todas as florestas , sítios, fazendas, chácaras etc... Dizia que papai noel trazia consigo milhares deles como as estrelas do céu para que eles o guiassem de casa em casa e depois ficassem em cada arvore destas casas, para nunca o papai noel se perder ...sinto sede, não vejo água , se ao menos chovesse de novo...sinto sono, as agulhas estão parando a sua dança sob meu corpo...sinto o ar me...faltar...ouço João de barro...sinto saudades.

    (Obrigado pelo espaço, espero que apreciem).

      Data/hora atual: Seg Nov 19, 2018 12:31 am